terça-feira, 2 de janeiro de 2018

'Geladeira solidária' de Cascavel amanhece recheada de marmitas no primeiro dia do ano

Desde que começou a funcionar na cidade, o projeto tem ajudado a alimentar quem não consegue pagar por uma refeição.

G1/Cascavel

Um bom exemplo de solidariedade que vem do Paraná, a "geladeira solidária" em Cascavel, na região oeste do Estado, amanheceu recheada de marmitas na última segunda-feira (1º).

Desde que começou a funcionar na cidade, o projeto tem ajudado a alimentar quem não consegue pagar por comida.

"Toda ceia que foi feita já foi feito um pouquinho a mais pensando em trazer pra cá", disse a enfermeira Jaqueline Bracci.

A enfermeira acredita que, se todo mundo ajudasse de alguma maneira, ninguém passaria necessidades.

O supervisor de vendas Clóvis Casagrande também contribuiu com a "geladeira solidária" neste primeiro dia do ano. "O que sobrou para nós pode estar alimentando alguém", afirmou.

O pintor Fausto Alves, que está há quase um ano desempregado, foi uma das pessoas beneficiadas: "É pra mim e pro meu genro. É costelinha, lentilha, arroz e uma sobremesa".

"Peguei carne, arroz, feijão, o que tinha, um pouco para cada um", contou o catador de recicláveis Dinei da Silva que garantiu uma refeição ali.

Essa "geladeira solidária" fica na Rua Vicente Machado, perto da Rua Erechim. Há ainda outra, no bairro Alto Alegre, na Rua Casemiro de Abreu, nº 118.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Prefeito Augustinho Zucchi transfere cargo para seu vice, Robson Cantu

Solenidade aconteceu nesta terça-feira, dia 26, no Gabinete Municipal

Na manhã desta terça-feira, dia 26, no Gabinete Municipal, em uma solenidade com autoridades, vereadores e servidores municipais, o prefeito Augustinho Zucchi transferiu o cargo para seu vice, Robson Cantu (PSD). Após aprovação da Câmara de Vereadores, Zucchi se ausenta de suas funções neste dia 26 de dezembro, retornando no dia 08 de janeiro de 2018.

Zucchi agradeceu os trabalhos realizados por todas as equipes da Prefeitura. “Foi um ano de muitas conquistas, em que destacou-se o empenho de nossos colaboradores em busca da realização dos nossos projetos e a confiança da população. Agradeço ao companheirismo de todos e peço que esse comprometimento continue, agora com o Robson à frente dos trabalhos”, disse Zucchi.

O presidente da Câmara Municipal de Pato Branco, Carlinho Polazzo, desejou sucesso para o prefeito em exercício. “O Poder Público mostrou que trabalhando com responsabilidade é possível superar momentos de crise, então, enquanto poder Legislativo, estamos tranquilos em apoiar Robson porque temos a certeza de que ele está comprometido com o plano de governo que temos para Pato Branco.”, ressaltou Carlinho.

Robson Cantu, emocionado, em suas primeiras palavras como prefeito de Pato Branco, disse que aceita o desafio. “É um momento inesquecível para mim e tenho muito orgulho em poder afirmar que continuarei com a meta de transformar Pato Branco em uma cidade modelo para o Brasil, trabalhando com muita garra e otimismo, ouvindo nossa população e atuando com compromisso e seriedade”, afirmou Robson.

Assessoria

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Abatido, após vaias, Lula discursa e comete um condenável deslize

Desconfortável, em função de um grupo de militantes da ‘Conlutas’ tê-lo vaiado e virado as costas no momento em que discursava durante o 33.º Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), em Brasília, Lula cometeu um deslize fatal. Ele próprio se condenou.

É provável que entre a maioria dos militantes a tal fala de Lula tenha até passado despercebida, mas o fato é que aos poucos o ex-presidente, nos últimos tempos sempre pressionado, vai se entregando e perdendo seguidores.


No discurso, Lula, inflamado, vociferou:

‘Quem é o culpado de um jovem de 25 anos estar preso hoje? O que deram de oportunidade para ele quando ele tinha 8 anos? Se não dou educação, trabalho, essa criança vai fazer o quê da vida? A gente percebe que o dinheiro que se economizou na educação no passado está se gastando hoje para se fazer cadeia. E cada vez vai custar mais caro…’

Ora, esse personagem criado por Lula tinha dez anos quando o PT chegou ao poder e 24 quando Dilma sofreu o impeachment.

Portanto viveu o final de sua infância, toda a sua adolescência, e a sua juventude até o momento da prisão, sob o governo do PT.

Qual seria então a resposta para o questionamento de Lula – ‘Quem é o culpado de um jovem de 25 anos estar preso hoje?’

Você, leitor, é capaz de responder?

A conclusão é de que Lula está perdido, sem lenço, sem documento e sem rumo.

E o ‘golpe fatal’ está a caminho. Lula pressente, esperneia e fala bobagens.

Ao final de sua fala, fora de si, Lula garantiu para a platéia apática que voltará a governar o país.

Gonçalo Mendes Neto

O bilionário rombo do FIES vem à tona

Entidades que representam, ou deveriam representar os professores e estudantes como, UNE, UPES e APP Sindicato, estão absurdamente caladas, não se manifestam e não emitem uma única nota sequer, a defesa destas entidades é na verdade política, defendem o PT, partido que esteve a frente dos últimos governos.

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) descobriu rombo estimado em R$ 20 bilhões no Financiamento Estudantil (FIES) entre 2009 e 2015, cifra que coloca em xeque um dos principais programas do Ministério da Educação.

‘Não posso deixar de destacar minha indignação com o descalabro na gestão do FIES’, disse a relatora do processo no TCU, ministra Ana Arraes, durante a sessão de análise do parecer. Em votação unânime, os ministros do tribunal determinaram a intimação de oito autoridades dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff para depoimentos sobre o novo escândalo na Educação.

Entre os intimados estão os ex-ministros da pasta Fernando Haddad, Aloizio Mercadante e José Henrique Paim, além do ex-titular do Planejamento, Nelson Barbosa, e da ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior. Todos estão instados a apresentar justificativas para o ‘descalabro bilionário’. No entanto, ao final do processo, podem ser punidos apenas com multas de até R$ 54 mil e inabilitação para o exercício de cargos em comissão e funções de confiança no serviço público.

Cumpre informar: hoje, um dos principais problemas com inadimplência nas agências da Caixa Econômica Federal vem dos desregrados e flexíveis contratos firmados através do FIES na última década. Por ter punição branda — quase nula — e diante da crise econômica que está devastando o país, a expressiva maioria dos estudantes, formados graças ao subsídio dos cofres públicos dos pagadores de impostos, não paga sequer a primeira parcela da dívida. Há agências da Caixa onde o FIES representa 90% da inadimplência.

Outro detalhe que merece destaque é a constatação da auditoria do TCU apresentada no relatório final: ‘É certo que o FIES passou a ser visto não apenas como oportunidade de acesso ao Ensino Superior, mas também como chance de realização de negócios’.

Aliás, uma das maiores beneficiadas com a flexibilização e má gestão no FIES foi a principal empresa do setor privado de ensino no Brasil, que tem entre seus sócios-proprietários um dos ex-titulares do Ministério do Turismo da Era PT, o mesmo que ‘empresta’ os famigerados jatinhos utilizados por Lula da Silva.

A manobra fiscal detectada pelo TCU indica que os governos Lula e Dilma, apenas com os contratos firmados até 2015, também ocultaram um passivo de R$ 55 bilhões com as universidades privadas que deve ser pago pelo Tesouro Nacional até 2020.

Fonte: Estadão

Entre os intimados estão os ex-ministros da pasta Fernando Haddad e Aloizio Mercadante, ambos do PT – Partido dos Trabalhadores


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Bares serão fechados em casos de perturbação do sossego

Os vereadores protocolaram nesta segunda-feira, 4, projeto que autoriza a Prefeitura de Curitiba a multar e fechar os bares que “não estiverem adequados às normas acústicas do município”. De autoria da vereadora Maria Leticia Fagundes (PV), a proposta também permite ao município punir os locais em que os frequentadores “promovam algazarras”.

“A intenção é fazer prevalecer o interesse público sobre o privado, ponderando o exercício do livre comércio com o direito do cidadão ao descanso, e até mesmo a função social da propriedade, que não pode ser atingida por atividades incômodas de estabelecimentos que não cumprem as regras acústicas”, destacou Maria Letícia, em justificativa ao projeto.

Pela determinação, a partir de cinco boletins de ocorrência registrados por perturbação do sossego, desde que por denunciantes diferentes, o proprietário do estabelecimento será multado em R$ 3 mil, dobrados em caso de reincidência, cabendo cassação do alvará em nova infração.

Caso aprovada pelos vereadores e sancionada pelo prefeito, a lei entra em vigor 90 dias após sua publicação no Diário Oficial do Município, sendo que os critérios para aplicação das sanções serão definidos conforme regulamentação do Executivo.

Pato Branco, assim como milhares de outras cidades está passando por problemas semelhantes aos de Curitiba, em sua opinião esta lei deveria ser levada também para outros municípios, ou este é um problema apenas na capital e outros grandes centros?






segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Cadeirante é estuprada e brutalmente assassinada no Paraná

Portal Click 3

Um crime bárbaro foi registrado na manhã deste domingo em Três Barras do Paraná, Luana Boeger, 18 anos que era cadeirante, foi violentada e morta, o crime aconteceu na Rua dos Pioneiros, bairro Jardim Floresta.

Segundo informações da mãe, a vítima saiu de casa por volta das 22 horas de sábado com sua cadeira motorizada.

A equipe de plantão da Polícia Militar foi acionada por volta das 8 horas da manhã, por um morador que viu a cadeira ao lado da rua, o corpo de Luana estava jogado em uma plantação de soja com sinais de violência sexual e com a face desfigurada por golpes de tijolos.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Cascavel. 

Suspeito preso

Poucas horas depois do crime, as equipes da Polícia Civil e Militar capturaram um dos principais suspeitos da morte de Luana.

Foram verificadas imagens de câmeras de monitoramento no possível trajeto feito pela vítima, além de ouvirem pessoas que estavam com ela nas últimas horas. O trabalho seguiu até chegar a um suspeito, E.B.L., vulgo Tutu.

O acusado aparece em várias imagens com a vítima em pontos diferentes na cidade horas antes do crime acontecer. Diante dos indícios, as equipes policiais fizeram buscas na casa do acusado e encontraram as roupas que ele trajava durante a noite, estando com manchas de sangue. As roupas foram encaminhadas para a perícia.

Quando interrogado, entrou em contradição e não convenceu as autoridades. Vale lembrar que o acusado já responde por estupro ocorrido em 2014, também em Três Barras do Paraná.



sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Ratinho Junior defende que concessionárias de pedágio cumpram os contratos firmados com o governo

Em recente entrevista na TV e em vídeo postado nas redes sociais, o deputado estadual, pré-candidato ao Governo do Paraná e líder nas pesquisas, Ratinho Junior, se posicionou firmemente sobre a questão do pedágio no Estado. “Temos que parar de usar o pedágio de uma forma política. Temos que trabalhar essa questão de forma técnica, para o desenvolvimento do estado do Paraná”, enfatizou Ratinho Junior.

O deputado lembrou, ainda, que existe um contrato que vai até 2021, onde está estipulado que as empresas tem que fazer as obras, reformas e manutenções necessárias. “Nós temos que obrigar as empresas concessionárias a cumprir esse contrato. Não podemos admitir que as empresas não cumpram o contrato que elas mesmas assinaram junto com o Governo do Estado”, alertou Ratinho.


Meu Twitter

@JR_Venon